Como ensinar Matemática para seu bebê

09/02/2015 10:23

Como ensinar Matemática para seu bebê

JULIAESCOLAAED

28 Outubro 2014 | 17:43

 

Os bebês são muito mais inteligentes do que pensamos. Eles podem aprender qualquer coisa, desde que recebam as informações e os estímulos da forma correta.

No campo matemático, esse princípio também se aplica.

Os bebês ou crianças pequenas conseguem aprender matemática com muita facilidade e de forma natural. Quanto mais novos, mais curiosidade e facilidade terão.

Os bebês são muito mais inteligentes do que pensamos. Eles podem aprender qualquer coisa, desde que recebam as informações e os estímulos da forma correta.

No campo matemático, esse princípio também se aplica.

Os bebês ou crianças pequenas conseguem aprender matemática com muita facilidade e de forma natural. Quanto mais novos, mais curiosidade e facilidade terão.

A matemática é um conceito muito maior do que imaginamos. Vai muito além de fórmulas e números. É uma linguagem que usamos no dia a dia. É o desenvolvimento do pensamento lógico, da descoberta das relações entre fatos e fenômenos.

À medida que ensinamos fatos a nossos bebês ou crianças, eles poderão ordená-los e descobrir as relações das coisas e realidades no mundo.

Desenvolver essa capacidade de ordenação é fundamental para entender melhor as ciências e a realidade em que vivemos.

 

Benefícios:

Aprender matemática é uma das maiores alegrias na vida de uma criança pequena;

- Desenvolve a inteligência visual;

- Desenvolve o pensamento lógico e a capacidade de associação e resolução de problemas;

- Estabelece as bases para o posterior aprendizado e interesse matemático;

- Desenvolve um conceito concreto de quantidades.

 

Como ensinar?

A forma de ensinar matemática para seu bebê colocada neste artigo é baseada na teoria do desenvolvimento infantil, do Dr. Glenn Doman.

 O programa consiste basicamente em mostrar quantidades para seu bebê.

São mostradas inicialmente quantidades e não numerais (algarismos) porque estes são abstratos, ao passo que as quantidades são concretas e reais. Dessa forma, o bebê consegue “ver” e ler o número real.

À medida que o bebê vai vendo as quantidades, vai interiorizando o conceito concreto de “quanto”. Isso será depois utilizado para deduzir as várias fórmulas e leis matemáticas como a adição, subtração, multiplicação e divisão.

No próximo post do blog vamos explicar as etapas do programa, as estratégias de implementação e como preparar o material para seu bebê ou criança pequena.

Júlia Manglano é diretora da Escola A e D, em São Paulo.

www.escolaaed.com.br


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!